×

O bom e o ruim de: Legion

Os derivados de X-Men -fora dos quadrinhos- começaram a acertar maravilhosamente bem, Deadpool e Logan estão ai para provar. Mas, será que Legion foge dessa recente “regra”?

Legion já começa chutando o balde e mostrando um visual totalmente diferente das séries atuais baseadas em quadrinhos, isso somando-se com uma tecnologia anacrônica que resulta em algo realmente belo de se ver. Por vezes você se pergunta se está vendo uma produção de Wes Anderson, já que o visual da série se assemelha com as obras do diretor.

Além do visual espetacular, Legion também apresenta pirações à la David Lynch, ou até mesmo uma comparação com a recente série Mr. Robot. A trama é muito bem amarrada e com plot-twists bem construídos. Se você é um daqueles que gosta de ficar bolando teorias e revendo o mesmo episódio para descobrir novos mistérios, Legion é um prato cheio. E a trilha sonora também se encaixa muito bem nessa loucura e psicodelia apresentada, todas as músicas dos oito episódios são realmente bem escolhidas e bem encaixadas.

Todos esses pontos positivos somam-se à um grande elenco, mas o destaque ficam para a dupla Dan Steves (David/Legion) e Aubrey Plaza (Lenny). Ambos trazem variações espetaculares de seus personagens apresentados inicialmente e dão vida à briga de rato e gato mental.

Legion é aquela série “hipster” -e corajosa- de super-heróis que estávamos precisando.

O ruim de Legion era esperar uma semana pra ver outro episódio! Mas agora vamos ter que esperar mais um ano pra ver a segunda temporada…

Brincadeiras à parte, Se você é um dos que dá preferência a séries dubladas. Lamento te dizer, mas a dublagem da série é HORRÍVEL. Sério, dê preferência ao legendado dessa vez…

 

Nossa opinião:

Excelente

Comentários