Unity 4 – O que tem de novo

16 de novembro de 2012 - por Maiara

Unity 4 – O que tem de novo

A Unity tem sido a engine mais usada para desenvolvimento de jogos por quem é iniciante ou não tem grana pra comprar licenças de engines mais potentes, e isso de deve principalmente pela facilidade de uso, preço (é claro) e variedade de “saídas” de jogo, sendo nas versões 3.x para web, PC/MAC e Flash (preview) na free, com licenças vendidas separadamente para a Pro de Android, Iphone (tem uma versão “lite” pra essas duas que é mais barata) PS3, Wii e Xbox.

No dia 5 de novembro a Unity abriu o public beta para a comunidade contribuir com os testes finais e reportar possíveis bugs. Dia 14 deste mês foi lançada a tão aguardada versão 4 da Unity 3D que hoje já está no 5º release :D. Não vou pre aprofundar em cada fix novo por que senão vou ter que reescrever a bíblia aqui, mas você pode conferir tranquilamente na página de releases. As notas são em inglês então se você não tem facilidade com a língua abra já o Translate e vá se acostumando por que muita coisa do que você vai precisar dentre documentações e fóruns é escrito em “gringoês”; sim, tem coisas em português, feita pelo pessoal daqui, mas muito pouco comparado com o que a comunidade Unity já agregou.
Abaixo segue o vídeo da apresentação no Unite (conferência anual da Unity Tecnologies)  sobre a nova versão e em seguida apresentarei algumas das mudanças a vocês.

Mecanim

Todas as características novas da Unity são magníficas e farão muita diferença na hora de criar novos jogos, mas a mudança no sistema de criar animações, em especial, me criou mais hype do que as outras. Agora está muito mais pratico eficiente e intuitivo do que era anteriormente.  Agora tem inclusive máquinas de estado para facilitar a visualização do fluxo das animações; animações estas que podem ser reutilizadas e aplicadas a ‘n’ personagens facilmente.

Novas plataformas de publicação

Além das plataformas que a Unity já suportava podemos contar também com Linux, Wii U e Flash e pra garantir a qualidade do jogo você pode simular a execução na Unity ou em um device da plataforma escolhida, além de poder monitorar o desempenho com o Profiler da Unity que também ilustra segundo a plataforma de build especificada qual o resultado.

Renderização DirectX ® 11

Otimização de renderização para jogos de PC, novos 100 Shaders para serem usados e shaders mais simples para serem usados em todas as plataformas. O Occlusion Culling da Unity recebeu a mãozinha da Umbra Software, empresa de tecnologia que presta serviços para empresas como Square Enix, Bungie, Microsoft Studios, entre outras reconhecidas peloes seus títulos AAA.

Perfil refinado para celular

Também se tratando de performance, temos um cuidado novo da Unity para o Tegra da NVidia, isso leva a um melhor desempenho aos jogos mobile e que usam Android. Não sei se você pensou o mesmo que eu mas… Lembram do Ouya? O novo console aberto que usa Android e tem o Tegra como processador? Por si só este console já tem na alma uma bandeira de desenvolvimento indie, então vemos aí uma grande chance de jogos em Unity aparecerem no marketplace do cubinho Ouya. E como o uso de plataformas móveis para fazer jogos tem sido uma grande vertente, a criação de sombras, controle de luz oriundas de objetos 3D e tudo quanto mais. Os objetos podem lançar sombras sobre o outro e sobre partes de si.

Partículas Shuriken e efeitos visuais

E nem só de melhorias de processamento vive a nova Unity, por que afinal, não é só o que está por baixo dos panos que vende seu jogo, mas o que o jogador recebe visualmente… Águas, partículas de fumaça, efeitos de texturas como reflexo de espelho e mais realismo vem junto com o novo pacote. Tudo com controle de cores e modos.

O lightmap está mais gerenciável e organizado facilitando o uso para podermos usar um plano de luzes mais eficiente com mais frequência.

É pessoal, essa foi a minha visão primária do que tem de novo em Unity 4, é claro que ainda o já esperado também foi melhorado, em IA, som e Física. Em resumo, podemos dizer que temos uma engine mais potente, pronta pra fazer excelentes AAA. Para informações complementares vocês podem acessar a página de FAQ e por favor falem nos comentários o que mais gostaria de ver por aqui para as próximas edições da coluna.

 

Comentários